Pequenas Coisas como Estas

FINALISTA BOOKER PRIZE 2022

Vencedor do Prémio Orwell na Categoria de Ficção Política

Estamos em 1985, numa pequena cidade irlandesa. A autora narra-nos a vida de Bill Furlong, um comerciant…
10%

13.50 

Categoria: Ficção, Livros Premiados
Tradução: Inês Dias
EAN: 9789897832864
Data de publicação: 20221022
Nº de páginas: 96
Formato: 15,3 x 23,3 x 0,95
Acabamento: capa mole
Peso: 191
Descrição completa:

FINALISTA BOOKER PRIZE 2022

Vencedor do Prémio Orwell na Categoria de Ficção Política

Estamos em 1985, numa pequena cidade irlandesa. A autora narra-nos a vida de Bill Furlong, um comerciante de carvão e pai de família. Uma manhã, ainda muito cedo, quando vai entregar uma encomenda no convento local, Bill faz uma descoberta que o leva a confrontar-se com o passado e os complicados silêncios de uma povoação controlada pela Igreja.

“Cada palavra é uma palavra certa no local exato. O efeito ressoa e é profundamente comovente.” [Hilary Mantel]

“Um livro belíssimo, que nos faz querer descobrir tudo o que a autora já escreveu.” [Douglas Stuart]

“Uma escritora única na sua geração.” [The Times]

”Um livro incrível.” [Sarah Moss]

“Um livro incrivelmente claro e lúcido.” [Colm Tóibín]

“Uma hipnótica e envolvente novela irlandesa que transcende o país e o seu tempo.” [Lily King]

SOBRE A AUTORA:
Claire Keegan nasceu em Wicklow, na Irlanda, em 1968, filha mais nova de uma família numerosa. Ainda adolescente viajou para Nova Orleães, nos EUA, e aí estudou Inglês e Ciência Política na Universidade Loyola. Regressou à Irlanda em 1992 e, um ano mais tarde, tirou o mestrado em Escrita Criativa e deu aulas de licenciatura na Universidade do País de Gales. Os seus contos apareceram na The New Yorker, Granta, The Paris Review e Best American Short Stories. Entre as distinções que recebeu, contam-se o Rooney Prize para Literatura Irlandesa e o William Trevor Prize. O escritor norte-americano Richard Ford escolheu o seu conto Foster como vencedor do Davy Byrnes Short Story Award em 2009, sublinhando o instinto da autora para palavras exatas e a sua “paciente atenção às amplas consequências e finalidades da vida”. Keegan está incluída na exibição permanente do Museu de Literatura da Irlanda, inaugurado em 2019.

Do mesmo autor:
Outras sugestões: