Um Tiro no Escuro

“O meu adversário anda para lá e para cá, à volta da mesa, com o seu metro e noventa e quatro e os seus setenta e sete quilos. Titubeante. Nota-se que não está confiante. Quando a confiança …
10%

7.20 

Categoria: Contos Singulares, Ficção Portuguesa
EAN: 9789897832499
Data de publicação: 20220522
Nº de páginas: 72
Formato: 11,3 x 16 x 0,65 cms
Acabamento: Capa Mole
Peso: 76 gramas

Warning: Undefined array key "cf_value" in /var/www/relogiodagua/wp-content/plugins/us-core/functions/helpers.php on line 4526
Adicionar aos Favoritos
Adicionar aos Favoritos
Partilhe:
Descrição completa:

“O meu adversário anda para lá e para cá, à volta da mesa, com o seu metro e noventa e quatro e os seus setenta e sete quilos. Titubeante. Nota-se que não está confiante. Quando a confiança é tudo. Observa os ângulos. A possível trajetória da branca. Escolhe a melhor jogada possível. Por um milímetro se ganha. Por um milímetro se perde. Aqui não há desleixo. Basta um milímetro ao lado e tudo corre mal e vai tudo co caralho.”

Dois jogadores de snooker disputam a “grande final”. Alexandre, o Grande, o maior talento de Esposende, e Carlos Magnum, o “revólver de alto calibre”. Tacos feitos à medida dos braços e das ambições. Escolhem a melhor solução, observam os ângulos, espreitam o erro e as fraquezas do adversário.

SOBRE O AUTOR:
Sandro William Junqueira nasceu em 1974.
Publicou os livros O Caderno do Algoz (2009), Um Piano para Cavalos Altos (2012), No Céu não Há Limões (2014), A Cantora Deitada (2015), A Grande Viagem do Pequeno Mi (2016), Quando as Girafas Baixam o Pescoço (2017), As Palavras Que Fugiram do Dicionário (2018) e A Sangrada Família (2021).
É também autor das peças de teatro Os Anjos Tossem assim, Medronho, O Presente de César, O Que Vamos Fazer com a Revolta e Shot to Nothing.
Tem textos traduzidos para inglês, alemão, búlgaro, eslovaco e neerlandês.
É o atual coordenador do projeto PANOS — palcos novos palavras novas no TNDM II.

Do mesmo autor:
Nenhum resultado encontrado.
Outras sugestões: